O Festival ART&TUR tem como objetivo principal, exibir, promover e premiar as melhores obras audiovisuais Nacionais e Internacionais que desempenham um papel relevante na promoção de destinos, produtos, serviços, culturas e suas gentes. O Júri Internacional do Festival atribui os seguintes prémios:
 
GRANDES PRÉMIOS:
  • Grand Prix for the Best Film
  • Grand Prix for the Best Portuguese Film
PRÉMIOS ESPECIAIS:
 
  • The Best Commercial for the Best Commercial 
  • The Best Promotional for the Best Promotional or Corporate film 
  • The Best Documentary for the Best documentary 
  • The Best Tv Program for the Best Television Program or Report
  • The Best Tourism Campaign for the Best Audiovisual Tourism Campaign
  • The City of Vila Nova de Gaia Award
  • The Best Ibero-American Film for the Best Film about an Ibero-American Country
  • The Best Asian Film for the Best Film from Asia Countries
     
PRÉMIOS DAS CATEGORIAS:
 
  • 1st Place: to the Best Film in each category on National and International Competition
  • 2nd Place: to the finalists in each category on National and International Competition

O Júri poderá atribuir prémios adicionais. A seu critério, o júri pode também atribuir prémios "ex aequo".

TROFÉUS COM HISTÓRIA:
 
Cada ano são convidados vários artesãos para que através das suas mãos, do barro e da madeira reproduzam os diferentes troféus do Festival ART&TUR, criando uma simbiose perfeita entre a criatividade e o audiovisual, preservando a autenticidade dos valores culturais e identitários com inovação.  
 
 
As pequenas peças modeladas à mão de outrora, são hoje uma manifestação cultural que, veio passando de geração em geração como herança e identidade do povo. A produção destas artes identitárias levou os seus artesãos, a recriar a realidade e deu asas ao surgimento de um imaginário de tal relevância que, além de retratar o seu modo de pensar, sentir, viver e o evoluir de uma comunidade, representa ainda o quotidiano de cada época. É através destas produções que se recriam os mais relevantes símbolos de Portugal – O Galo e o Barco Rabelo. Ambos detém o papel de embaixadores de Portugal revelando uma identidade cultural e artística única. Esta identidade saiu ainda mais reforçada em 2008 com o surgimento do Festival ART&TUR ao utilizar estes símbolos como Troféus.
 
O forte cariz internacional do Festival e o constante envolvimento de representantes de Estado dos mais diversos países, acabam por proporcionar condições favoráveis para a expansão das artes e da cultura Portuguesa, quer pela via comercial, quer pela via cultural.


Em 2012, foi celebrada uma parceria estratégica com o Paraguai que, visa essencialmente reforçar os laços culturais entre os dois países. Dessa parceria a organização do Festival ART&TUR decidiu adotar um dos símbolos mais representativos da cultura Guarany, a Galinha Picha´I, como troféu para distinguir o melhor filme Ibero-americano, prémio este que se tem mantido desde então.

Na cidade de Itá, República do Paraguai, uma família de ceramistas trabalha o barro para manter a  labor  tradicional que foi herdada de geração para geração. Foi Dona Marciana Arca Rojas, quem criou  as famosas  Galinhas da sorte a partir de uma visão milagrosa da Virgem de Caacupé. Posteriormente as batizou como  as galinhas da sorte: brancas para o amor e pretas para o dinheiro.  
 
Para elaborar as Galinhas da sorte, o artesão amassa o barro e modela um vaso e raspa com ferramentas  rústicas para criar uma penugem até dar forma as galinhas picha’i, de seguida são cozinhadas no tatakuá   (forno de barro) e finalmente pintadas em preto com pintas brancas ou brancas  com pintas pretas.  
 
Na atualidade, Dona Marciana Arca Rojas tem 86 anos, que junto com os seus descendentes (filhos,  netos  e sobrinhos) continuam a tradição e a arte de modelar o barro a mão para dar prosseguimento a  elaboração  da cerâmica popular do Paraguai que teve a sua origem na arte indígena.